N. 16 – Belém/PA - maio/junho- 2014

O que Dizem as Pesquisas

No estudo “Dilemas do conservadorismo político e do tradicionalismo de gênero no processo eleitoral de 2010: o eleitorado brasileiro e suas percepções”, as pesquisadoras Marlise Matos e Marina Pinheiro(2012) constataram que existe  um processo de destradicionalização e modernização societária no Brasil, embora ainda haja eleitores/as brasileiros/as com percepções fortemente conservadoras em termos políticos e percepções fortemente tradicionais em gênero, raça e sexualidade (ou com as duas percepções juntas), sendo este grupo responsável, no Brasil, por manter e perpetuar uma sociedade politicamente anti-igualitária e antidemocrática”.
18º REDOR: Perspectivas Feministas de Gênero

A Rede Feminista Norte e Nordeste de Estudos e Pesquisa sobre a Mulher e Relações Gênero - REDOR foi criada em setembro de 1992.
Gepem Lança Terceira Edição de “O Amor Está no Ar”

Debate sobre  práticas afetivas homossexuais femininas e masculinas, abordando experiências históricas exemplares sobre a questão e aspectos cotidianos da vida amorosa contemporânea.
As Mulheres, de Objeto a Sujeito e outras Enunciações

Após anos de luta, as mulheres conseguiram um lugar no caminho da inclusão política e social, tanto no ocidente quanto em outros lugares.
Maria Gaetana Agnesi entre Discursos Filosóficos e Matemáticos

Agnesi era linguista, filósofa e matemática. Foi a primeira mulher nomeada pelo Papa Bento XIV para ministrar matemática e filosofia natural na Universidade de Bolonha.
Rose Marie Muraro: o pássaro de fogo

Tu vieste como um pássaro
E pousaste no meu ombro
E eu fui habitada
Pela paixão da entrega.
Eu te amei antes que tu existisses

SEÇÃO: MULHERES, POLÍTICA E PODER

Questões de gênero como questões feministas e políticas tem sido um dos horizontes das pesquisadoras integradas à REDOR, buscando articular esse debate de forma interdisciplinar.